Viajar depois da pandemia: lugares próximos 

2 votes

Se tem uma coisa que as pessoas farão é viajar depois da pandemia. E todo mundo sabe o motivo: ninguém aguenta mais ficar em casa. Inclusive, muitas pessoas tem se perguntado, quando, afinal, será seguro viajar novamente e se há uma resposta certa e única para esta pergunta. Só que, não existem respostas para este questionamento. Tudo depende de muitos fatores. Sabe-se que, sim, o setor de turismo foi um dos mais afetados em meio à pandemia. Mas, se sabe também, que, será o que mais lucrará quando ela acabar definitivamente.  

Fonte: Guia do Estudante/Reprodução

Outra informação relevante, principalmente para quem pensa em viajar logo, é que, devido a todos os prejuízos que as agências de turismo tiveram, alguns pacotes estão sendo vendidos por preços bem acessíveis.

Principalmente para épocas específicas, como o final do ano. O objetivo é manter o fluxo de caixa em um período tão difícil em todos os sentidos. Porém, não se pode esquecer que, ninguém faz ideia do dia de amanhã, por isso, cuidado. Nada de comprar passagens sem certezas e se comprar, verifique possibilidades de cancelamento ou remarcação sem taxas. Assim, caso chegue perto da época e o passeio não ocorra, não terá prejuízos.  

Sim, a realidade é boa porque a vacinação tem acontecido e isso faz com que as expectativas sejam cada vez melhores. Só que, só previsões podem ser feitas e não constatações. Alguns países até já abriram suas fronteiras, mas são para países específicos, normalmente vizinhos e não sendo o Brasil.   

Mais especificidades sobre viajar depois da pandemia 

Uma coisa importante e que precisa ser citada é que, além de ser bem prazeroso, porque estamos falando sobre o Brasil e ele conta com muitas belezas, viajar localmente será uma das melhores opções. Inclusive no sentido de gastos quando o assunto é viajar depois da pandemia. Ainda mais no cenário atual, em que muitas pessoas perderam o emprego e por este motivo, as pessoas tiveram que reduzir seus gastos. Isso permitirá evitar algumas questões, como ficar preso em aeroportos, por exemplo, devido à pandemia.   

Vale ressaltar que, para quem adora viajar de ônibus, um problema acabou aparecendo: o Covid-19 acabou diminuindo as linhas dos mesmos. Ou seja: não será como antes para quem desejar viajar através deste transporte. É claro que, até a pandemia acabar, pode ser que muita coisa mude. Mas, ainda não se sabe. 

Uma boa opção, inclusive para ser colocada em prática neste momento, caso você queira muito viajar, é optar por algum passeio em meio à natureza. Principalmente se for um espaço mais retirado, com poucas pessoas. Entre as opções disponíveis, encontram-se, por exemplo, a Chapada dos Veadeiros e a Serra da Canastra. Parques Estaduais também são uma boa pedida e costumam receber pessoas para acampar, por exemplo. Por que não convidar a família para curtir com você este momento natureza?  

Últimas dicas para viajar depois da pandemia 

Fonte: Pinterest/Reprodução

Para quem ama cruzeiros, é bom deixar claro que eles permanecerão parados por um bom tempo. Isso porque, como eles não podem fazer as suas famosas paradas, acabam perdendo o sentido. Até pelo risco de, por exemplo, uma contaminação em massa. Outro fator relacionado às viagens que não está muito em alta são os intercâmbios. Os mesmos acabam sendo uma incerteza para quem sonha com eles.  

Porém, uma coisa é certa e precisa ser dita. Quando o assunto é viajar depois da pandemia, sem dúvidas precisamos entender que, as viagens após todo este período terão outro significado. Depois de tanto tempo em casa, viajar será a coisa mais incrível do mundo. E não importa como ela acontecerá: se de avião, carro, ônibus. Arrumar as malas e partir para aquele destino tão sonhado será no mínimo incrível.   

Com certeza todas as pessoas já devem estar contando os dias para as próximas férias ou todos os feriados possíveis dos próximos anos. As praias voltarão a estarem lotadas e as agências repletas. E todo mundo buscando o que? O fato de sair do isolamento e querer aproveitar ao máximo cada segundo de vida. Porque se tem algo que é bom e precisa ser valorizado, é viver. E viajar. Muito. Para todos os lugares possíveis. Nunca parar.   

Leia agora sobre Minas Gerais: explorando Ouro Preto e Belo Horizonte.